segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Church St John the Baptist - New York




Na minha visita a Nova York uma das igrejas que fomos visitar em Manhattan foi a Igreja de St John the Baptist.






É uma igreja católica romana, em estilo gótico francês. Foi construída entre 1871 e 1872 com base nos desenhos do arquiteto Napoleon LeBrun, responsável pelo design de várias igrejas católicas de Nova York. 













Fotos: Pessoais
Texto explicativo: Wikipedia


terça-feira, 28 de novembro de 2017

Pela Ponte Vasco da Gama




A Ponte Vasco da Gama foi construída entre 1995 e 1998. Atravessando o rio Tejo, na área da Grande Lisboa, liga o Montijo e Alcochete a Lisboa e Sacavém, tendo uma saída bem próximo do Parque das Nações.




Tem 12,3 km de comprimento e é a ponte mais longa da Europa e uma das mais extensas do mundo.




O seu nome é uma homenagem à comemoração dos 500 anos da chegada de Vasco da Gama à Índia, ocorrida em maio de 1498.




A ponte tem uma esperança de vida de 120 anos, tendo sido projetada para suportar velocidades do vento de 250 km/h, e resistir a um sismo 4,5 vezes mais forte do que o histórico Terramoto de Lisboa, em 1755, sismo estimado em 8,7 na escala de Richter.





As pressões ambientais ao longo de todo o projeto resultaram numa preocupação para a preservação dos pântanos existentes por baixo da ponte, assim como a iluminação noturna da ponte, a qual está inclinada para dentro, de forma a não lançar luz sobre o rio.





Uma semana antes da sua inauguração, a ponte bateu um recorde do Guinness: juntou cerca de 15 mil pessoas, numa mesa com 5 km de extensão, para a maior feijoada do Mundo.






Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

CIVIC CENTER - TRIBUNAIS - THOMAS PAINE PARK - CITY HALL PARK




Na nossa visita a Nova York passeamos pelo Civic Center. O Civic Center de Manhattan é o centro da cidade do estado, dos sistemas judiciais dos governos federais e do departamento da policia da cidade. Tem uma arquitetura imponente.





Thomas Paine Park





Na Foley Square (Praça Foley) encontra-se a escultura "Triumph of the Human Spirit", uma obra em granito preto de autoria do artista Lorenzo Pace.







Edificio do Supremo Tribunal ( New York State Supreme Court Building )




Thurgood Marshall United States Courthouse ( Tribunal )




Manhattan Municipal Building - acomoda vários departamentos governamentais






City Hall Park






Edificio do "Surrogate's Court" em Manhattan, Tribunal do Estado de Nova York.









Daqui seguimos para a Ponte de Brooklin que poderá ver AQUI.

Fotos: Pesssoais


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

DUBAI - Burj Khalifa




A nossa última visita no Dubai e também da nossa viagem, foi ao Burj Khalifa.




O Burj Khalifa é o edifício mais alto do mundo, com 828 metros de altura e 160 andares. Foi inaugurado em janeiro de 2010. O edifício faz parte de uma complexo comercial e residencial de dois quilómetros quadrados de área chamado "Downtown Burj Dubai". 





Chegamos ao final do dia e começamos por ir até ao Lago artificial do Burj Khalifa,  ver o espetáculo de água, som e luz que decorre a partir das 18h. A Fonte de Dubai é um espetáculo incrível em que os jatos de água chegam a atingir 140 metros de altura. É a maior fonte dançante do mundo.









Depois de vermos o espetáculo fomos passear pelo Dubai Mall, o maior centro comercial do mundo em área total.








Aproveitamos também para beber um cafézinho e comer um macaron.




Tínhamos comprado em Lisboa os bilhetes para visitar o deck de observação “At the Top, Burj Khalifa”, utilizando o seu site oficial. Sem filas escolhemos o dia e hora que pretendíamos.




A entrada é feita pela hora escolhida mas como só há dois elevadores de acesso ao observatório as filas são um pouco longas e com alguma demorada. 




A subida até ao 124º andar é super rápida




Ficámos deslumbrados com a vista que é absolutamente impressionante!








Olhamos depois para cima e eis o que ainda faltava até ao topo ...




Subimos umas escadas e fomos ver o 125º andar. Aqui o observatório é fechado o que não deu para tirar boas fotos devido ao reflexo nos vidros.





Depois de passearmos por lá descemos para ir jantar.





Antes do jantar ainda fomos assistir novamente a outro espetáculo da Fonte de Dubai, pois eles são sempre diferentes e sempre maravilhosos.







Após o jantar voltamos para o hotel e dormimos cerca de 4 horitas, pois tínhamos de sair por volta das 3h da manhã para ir para o aeroporto. Aquela hora é claro que o hall do hotel estava deserto.





Foi o final da nossa visita que começou em Macau, demos um saltinho à China, fomos até ao Japão e terminou no Dubai. Foram umas férias inesquecíveis mas estava na hora de regressar a casa.




Fotos: Pessoais
Textos explicativos: wikipedia